Prefeitura vai usar panfletos contra abuso (Rede Bom Dia)

Prefeitura vai usar panfletos contra abuso

Turistas da Copa do Mundo receberão informativos sobre a ilegalidade da exploração sexual de menores

ULISSES DE OLIVEIRA
ulisses.oliveira@diariosp.com.br

A Prefeitura de São Paulo vai usar panfletos para conscientizar e orientar os turistas locais e os estrangeiros que desembacarem na capital durante a Copa do Mundo sobre os danos causados pela exploração sexual de crianças e adolescentes.

A ação foi anunciada ontem pela vice-prefeita Nádia Campeão (PC do B), durante o 1 Seminário Pró-Copa de Enfrentamento à Exploração Sexual e Tráfico de Pessoas. O debate aconteceu em Itaquera, na Zona Leste. A previsão é de que a medida entre em vigor já na primeira quinzena de maio junto à reunião da Frente Nacional dos Prefeitos, a ser realizada na capital.

“Vamos fazer em conjunto com a Frente Nacional dos Prefeitos, o Sesi , a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República e algumas ONGs de atuação internacional. Vamos distribuir cartazes e folhetos em todos os pontos onde ocorrerá eventos relacionados ao Mundial”, explicou Nádia.

A campanha vai ser intensificada em aeroportos, terminais urbanos, bares, rede hoteleira e outros lugares onde ocorrerão exibições públicas de jogos.

CPI/ Para o presidente da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Câmara Municipal que apurou a exploração sexual infantil na capital, vereador Laércio Benko (PHS), a medida é inócua. “O turista mal intencionado não liga para panfletos. O que precisamos é de um órgão centralizado, ligado à Secretaria Municipal de Direitos Humanos, para cuidar disso”, disse Benko. “Infelizmente, para o Mundial, nada de concreto será feito. Vamos visar as Olimpíadas”, reconheceu o parlamentar, sobre os jogos no Rio de Janeiro, em 2016.

Segundo o relatório final da CPI, o entorno do Terminal de Cargas Fernão Dias, na Zona Norte, ruas próximas às obras do Itaquerão, na Zona Leste, à Ceagesp, na Oeste, e o chamado “Autorama”, no Ibirapuera, Zona Sul, são pontos já conhecidos de exploração sexual de menores na cidade.

>Ler mais

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Comentarios:

AlphaOmega Captcha Classica  –  Enter Security Code
     
 

*