Rede de combate ao abuso sexual infanto-juvenil lança campanha em PE (G1 Pernambuco)

Tema deste ano é “Copa e Megaeventos”, pregando o turismo sustentável.
Várias atividades acontecem até o Dia de Combate ao Abuso e Exploração.

Organizações civis e governamentais que compõm a Rede de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes do Estado de Pernambuco lançaram, nesta terça-feira (6), a edição 2014 da Campanha do 18 de maio – Dia Nacional de Enfrentamento à Violência Sexual infanto-juvenil. “Várias ações vão chamar a atenção para que se rompa o ciclo de violência e os casos sejam denunciados”, afirma a coordenadora da Rede, Jaciara Arruda.

As atividades começam com um jogo de futebol na sexta (9), no Quartel do Derby, a partir das 9h. “Estarão presentes adolescentes e jovens que trabalham com a temática”, detalha Jaciara.

No dia 13, haverá um seminário no Sest\Senat do Cabo de Santo Agostinho, das 8h às 14h. No dia 15 é a vez do Recife receber o seminário “Pensando Estratégias de Prevenção à Violência Sexual nos Mega Eventos”, que ocorre das 13h às 17h, no Cefospe, na Rua Tabira, s/n, na Boa Vista. Participarão, além da Rede, o Departamento de Polícia da Criança e do Adolescente (DPCA), a Secretaria da Criança e Juventude, a Policia Federal, a Policia Rodoviária, o Ministério Público de Pernambuco, o Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente e o Poder Judiciário, a Prefeitura do Recife com o Conselho Tutelar. As ações de mobilização da campanha terminam no dia 16, com uma caminhada que sai do Parque 13 de Maio, às 14h.
“O objetivo é que a sociedade, que os 184 municipios e o distrito de Fernando de Noronha discutam essa temática. E que cada vez mais crianças e adolescentes não tenham os direitos violados”, destaca a coordenadora.

Em 2014, a campanha tem como tema: Copa e Megaeventos, considerando a necessidade de chamar atenção para a proximidade da Copa do Mundo e para a responsabilidade dos poderes públicos e da sociedade civil no enfrentamento à exploração sexual de crianças e adolescentes. O slogan da campanha é “Todos num só time: por uma Copa sem abuso e exploração sexual”. “A Rede de Combate fica preocupada porque a tendência com a quantidade de turistas que virão é o número de violência sexual aumentar. Queremos que os turistas venham, mas para praticar o turismo sustentável e que o jovens tenham seus direitos garantidos”, pondera Juciara.

18 de Maio

O 18 de maio é o Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual infanto-juvenil. A data, instituída em 2000 pela Lei 9.970, faz alusão a um crime ocorrido há 40 anos, no Espírito Santo, quando Araceli Cabrera, então com 8 anos, foi violentada e assassinada e os criminosos continuaram impunes. Muita gente acompanhou o desenrolar do caso, desde o momento em que Araceli entrou no carro dos assassinos até o aparecimento de seu corpo, desfigurado por ácido, em uma movimentada rua da cidade de Vitória. Poucos, entretanto, foram capazes de denunciar o acontecido. O silêncio da sociedade capixaba acabaria por decretar a impunidade dos criminosos.

>Ver artigo original

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Comentarios:

AlphaOmega Captcha Classica  –  Enter Security Code
     
 

*