Casimiro de Abreu, RJ, lança campanha contra pornografia infantil (G1)

Palestras, peças teatrais e testemunhos serão oferecidos aos pais e alunos. Atenção será voltada também ao combate as drogas no município.

Para chamar a atenção de pais e responsáveis por menores sobre o crescimento de casos de pornografia infantil, principalmente na internet, a Prefeitura de Casimiro de Abreu, no interior do estado do Rio, lança nesta terça-feira (29), a campanha “Se liga. Não caia nessa rede!”. Serão oferecidas, palestras, peças teatrais e testemunhos de quem já sofreu com o problema. Quem vai abrir a sequência de palestras é o coordenador da Proteção Social Básica do Sistema Único de Assistência Social (SUAS) no município, Flávio de Moraes Soares.

A primeira conversa será com os alunos do 6º ano do Ensino Fundamental no CIEP Brizolão 459 Municipalizado José Bicudo Jardim. O Dia D do projeto em Casimiro de Abreu está marcado para 9 de outubro, quando haverá uma grande caminhada, com a participação de todos os estudantes e professores, em direção ao bairro Perimetral Leste onde acontecerá a apresentação de trabalhos. Já em Barra de São João será realizado no dia 24 de outubro.

“Abordarei a rapidez com que as coisas acontecem em todos os aspectos da vida social e a decadência das estruturas que sustentam os valores pessoais, familiares e coletivos. Drogas e pornografia infantil são assuntos distintos, porém, complementares devido a seus efeitos devastadores”, explica Flávio.

Os temas serão retratados com os alunos do 4º e 5º ano por meio de peças teatrais. Já com aqueles do 6º ano ao Ensino Médio vão participar de palestras, arenas e testemunhos com psicólogos, ex-dependentes químicos e profissionais da saúde. Todos serão estimulados a produzir trabalhos que serão apresentados no final da campanha de mobilização. As mensagens de prevenção e orientação chegarão ainda aos pais dos alunos à noite e à comunidade por meio de panfletagem feita pelos agentes municipais de saúde.

“Temos que trabalhar a promoção da saúde e a prevenção, pois, quando o problema já está instalado a recuperação é mais difícil e os gastos maiores”, disse a dependente química em tratamento, Eliane de Paula, que falará da experiência que possui.

Programação de palestras

Terça-feira (29)
Ciep 459
6º ano – 8 às 9h
7º ano – 9 às 10h
8º e 9º ano – 10 às 11h

Escola Santa Luzia
6º ano – 9 às 10h

Escola Estadual Professor Souza
7º, 8º e 9º ano – 10 às 11h

Escola Christiane Siqueira Salles de Carvalho
6º, 7º, 8º e 9º ano – 14 às 15h
EJA e pais – 19 às 20h

Quarta-feira (30)
Ciep 459
5º ano – 13h30 às 14h30
6º ano – 14h30 às 15h30
7º, 8º e 9º ano – 15h30 às 16h30
Fases I a IX – 19 às 20h

Colégio Estadual Rio Dourado
1º ao 3º ano do Ensino Médio – 9h às 10h

Quinta-feira (31)
Ciep 459
Pais – 19h às 20Turmas:

>Ver artigo original.

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Comentarios:

AlphaOmega Captcha Classica  –  Enter Security Code
     
 

*