Maioria dos jovens considera que pornografia na internet é danosa, diz pesquisa (O Globo)

Maioria dos jovens considera que pornografia na internet é danosa

RIO – O jovem está cada vez mais consciente sobre os riscos da exposição à pornografia na internet. Essa é a principal conclusão de uma pesquisa realizada pelo instituto IPPR com 500 adolescentes britânicos de 18 anos.

Pelos dados, oito em cada 10 jovens entrevistados sentiram que era muito fácil de ver acidentalmente imagens explícitas ao navegar na internet, enquanto 72% disseram que a pornografia levou a visões pouco realistas sobre o sexo. Como sinal dos novos tempos de smartphones e seus aplicativos de mensagens instantâneas, 46% dos entrevistados disseram envio de fotografias e vídeos sexuais ou nuas era “parte do cotidiano”.

A pesquisa também mostrou que a pornografia é encarada de modo diferente pelas meninas. Quase oito em cada 10 mulheres jovens disseram que a pornografia as pressionou a olhar e agir de determinada maneira, enquanto 66% delas disseram que “seria mais fácil viver se a pornografia fosse menos fácil acesso para os jovens”.

Por outro lado, a maioria dos homens e mulheres jovens disse que a pornografia era comum quando eles tinham entre 13 e 14 anos, embora 10% dos entrevistados disseram que ela já estava presente entre as crianças a partir dos 11. Quando perguntados sobre a educação sexual, 61% disseram que os adultos estavam fora de contato com as relações dos jovens, e 56% afirmaram que os adultos achavam difícil de compreender ou ajudar com problemas on-line.

>Ver artigo original.

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Comentarios:

AlphaOmega Captcha Classica  –  Enter Security Code
     
 

*