Peritos de Campo Grande criam programa para detectar fotos de pornografia infantojuvenil (Correio do Estado)

Peritos de Campo Grande criam programa para detectar fotos de pornografia infantojuvenil

O software foi disponibilizado exclusivamente para entidades públicas de forma gratuita

Os peritos criminais federais, Pedro Eleutério e Mateus Polastro de Campo Grande, desenvolveram uma ferramenta computacional para detectar automaticamente vídeos e fotos de pornografia infantojuvenil.

O NuDetective é um programa desenvolvido em Java que auxilia a detecção de arquivos de pornografia infanto-juvenil ainda nos locais de busca e apreensão e em locais de crime com suspeita de pedofilia.

O software foi disponibilizado exclusivamente para as forças da lei e entidades públicas, de forma gratuita. Até a presente data, 35 instituições nacionais e internacionais estão utilizando a ferramenta.

A ideia do NuDetective surgiu devido à mudança do estatuto da criança e do acolescente (ECA) em 25 de Novembro de 2008, que tipificou o crime de posse de arquivos de pornografia infanto-juvenil. Assim, os peritos criminais teriam que rapidamente identificar, ainda nos locais de crime, arquivos ilegais entre os milhões de arquivos que podem estar armazenados em um computador, por exemplo.

A ferramenta já foi utilizada por 79% dos usuários em algum caso real e, desses, 74% encontraram arquivos de pornografia infanto-juvenil. Estes resultados foram apresentados em artigo original, em um congresso em Buenos Aires, no início de Setembro deste ano.

>Ver artigo original.

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Comentarios:

AlphaOmega Captcha Classica  –  Enter Security Code
     
 

*