12 maneiras que a pornografia irá destruir seu futuro, sua vida e seu casamento se você não parar (familia.com.br)

Stael F. Pedrosa Metzger

As pesquisas e mesmo as opiniões divergem muito. Algumas pesquisas relacionam o uso de pornografia ao desejo masculino de causar dor às mulheres, outras concluem que é uma válvula de escape que permite purgar as más tendências de psicopatas. Muitos dizem que é uma maneira segura de conhecer a própria sexualidade.

Opiniões não passam disso. Mas o que há de concreto sobre a pornografia?

A Dra. Amanda Roberts, da Universidade East London, entrevistou em Setembro de 2013, 177 rapazes com idades entre 16 e 20 anos. A pesquisa publicada pelo The Telegraph relata que quase um quarto deles desenvolveu dependência da pornografia para o estímulo sexual. 23% tentavam parar sem sucesso, 13% admitiram ter perdido o controle sobre a utilização e 7% recorreram à ajuda profissional.

A pornografia não é nociva apenas aos adolescentes, adultos também podem ter problemas devido ao uso desse tipo de material.

A professora de sociologia e escritora Gail Dines em seu livro diz:

“A idade média da primeira visualização é de cerca de 11 anos para meninos, e estudos revelam que os homens jovens, que consomem mais pornografia têm dificuldade em formar relacionamentos saudáveis”.

Em seu livro, a Dra. Gail também analisa como a cultura pornográfica afeta a maneira como as mulheres e as meninas pensam sobre seu corpo, sua sexualidade e seus relacionamentos.

É fato que a pornografia pode comprometer e até destruir o futuro de alguém se a pessoa não se livrar desse hábito. Em que maneiras isso pode acontecer?

1. A pornografia pode prejudicar o cérebro

Uma pesquisa alemã reuniu 64 homens com idades entre 21 a 45 anos e os submeteu a um exame de ressonância magnética do cérebro para medir seu volume e observar suas reações a imagens pornográficas.

Constatou-se que para a maioria deles, quanto mais se expunham, mais diminuído tinham o corpo estriado do cérebro, uma pequena estrutura nervosa situada abaixo do córtex cerebral.

2. Deforma o desenvolvimento sexual normal

Segundo Mary Anne Layden, diretora do programa de traumas sexuais e psicopatologia da Universidade da Pensilvânia, a presença da pornografia na vida de muitos meninos e meninas adolescentes é muito mais significativa do que a maioria dos adultos acha, pois ela “deforma o desenvolvimento sexual saudável dos jovens”.

3. Causa dependência

A pornografia pode se tornar um vício e ter os mesmos efeitos no comportamento que as drogas químicas, causando necessidade de mais e mais em detrimento das relações sociais normais.

A Dra. Layden relata que pela primeira vez o DSM 5, manual utilizado para fazer diagnósticos psiquiátricos, vai incluir como doenças as dependências de sexo e da pornografia.

4. Diminui a autoestima e cria expectativas irreais

Os homens pensam que todas as mulheres deveriam ser como as que estão retratadas na pornografia e as mulheres pensam que devem buscar aquela aparência, o que gera angústia e danos às relações.

5. Traz sentimentos de culpa

É muito comum as pessoas se sentirem culpadas após terem utilizado pornografia. Essa culpa pode vir a sabotar os relacionamentos e a autoconfiança.

6. Reforça ideais sexistas

A pornografia objetifica a mulher e reforça modelos de sujeição e de extrema dependência, mostrando como prazeroso o que na verdade é a anulação da mulher como pessoa. Segundo Catherine MacKinnon “…mulheres sexualmente acessíveis, possuíveis, que estão ali à disposição, querendo ser possuídas e usadas, talvez com uma ligeira sugestão de escravidão”.

Levar esse tipo de ideal para um relacionamento é condená-lo ao fracasso.

7. Reforça a violência contra mulheres

A pornografia costuma retratar a violência contra as mulheres como algo “prazeroso” o que na verdade não é. “A pornografia cria um mundo onde a brutalidade sexual é legitimada e até celebrada. Nesse mundo, não importa quão cruelmente você trata uma mulher, ela ama e implora por mais.” Gail Dines

8. Distorce valores

Um garoto de 11 anos que absorve a violência contra as mulheres, a objetificação como uma forma de relacionar-se, que tipo de interações terá com as mulheres? Como serão seus relacionamentos futuros? Sem “curar” uma visão tão distorcida não há esperança para seus futuros relacionamentos.

9. Ela poderá destruir sua vida financeira

Pornografia segundo estudiosos pode levar ao vício em sexo. Pesquisas apontam que os viciados em sexo farão parte das seguintes estatísticas:

59% dos homens viciados em sexo sofrerão consequências financeiras graves, inclusive pode perder todas as suas economias e ganhos.
Cerca de 27% vão perder seus empregos ou ser rebaixado.

10. A pornografia destrói casamentos

Além dos motivos citados acima e que são deletérios ao casamento (aproximadamente 40% dos homens viciados em sexo vão perder a esposa.), há ainda outros:

A mulher se sente traída ou diminuída quando o marido consome pornografia
A pornografia não “apimenta” a relação como alguns dizem, na verdade tem efeito contrário.
A sexualidade no casamento diminui devido às expectativas irreais.

11. Não há desintoxicação

O vício da pornografia, em qualquer de suas formas, produz imagens mentais que são permanentemente implantados na mente do usuário e ali permanecem por meio da química cerebral. Esta é a primeira substância viciante para a qual não há esperança de desintoxicação.

12 . A pornografia está ligada ao submundo do crime

Aceitar a pornografia como algo inofensivo é dar seu aval a um submundo que vive dela. A indústria pornográfica é uma fonte de renda para o crime organizado, através da prostituição de adultos e crianças, rapto e escravização de mulheres e uso de drogas.

Segundo Guilherme Schelb, a pornografia envolve crime organizado, corrupção e crimes sexuais.

Se você tem esse problema ou conhece alguém que tem saiba que há esperança. Procure ajuda e se livre desse hábito ou seu futuro estará seriamente comprometido.

>Ver artigo original.

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Comentarios:

AlphaOmega Captcha Classica  –  Enter Security Code
     
 

*