Ódio, pornografia e suicídio: saiba quais são as novas regras para “censura de conteúdo” no Facebook (r7)

Rede social quer deixar mais claras as regras sobre o que você pode ou não publicar

O Facebook está reformulando suas políticas para publicação e exclusão de conteúdo. A rede social promete derrubar imagens e postagens que incitem a violência, bullying e que encoragem o suicídio. A “censura” do serviço deve funcionar com base na análise do conteúdo após denúncias feitas por usuários da rede.

Outros temas também estão na “lista negra” de postagens do Facebook, como: apoio a grupos terroristas, pornografia e violência sexual. Sempre que houver uma denúncia, a rede social enviará ao usuário um prazo para a análise dos dados e poderá excluir postagens ou até mesmo banir os usuários.

Pessoas que checam o Facebook constantemente são inseguras, segundo estudo

Um vídeo da emissora norte-americana CBS comenta os temas que podem ser banidos na rede social e explica que, ao acessar o site, os usuários concordam com as regras impostas pelo Facebook. Postagens de amamentação e nu artístico já foram retiradas da rede social em situações anteriores.

Por este motivo, a rede social pretende deixar mais claras as regras do jogo, informa o editor do site Cnet Dan Ackerman. Em entrevista para o site da emissora norte-americana CBS, o editor do site especializado em tecnologia explicou a linha de conduta da rede social para exclusão de conteúdo.

— Basicamente, eles podem tirar o que quiserem do ar. A companhia é deles e eles fazem suas próprias regras.

>Ver artigo original.

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Comentarios:

AlphaOmega Captcha Classica  –  Enter Security Code
     
 

*