Vencendo as tentações sexuais – Entrevista (Quebrando o Silêncio, VIDEO)

Recentemente o pastor Rodrigo Bertotti produziu uma série de vídeos voltada para o público masculino, sobre tentação sexual. A seguir, você confere uma entrevista que ele concedeu ao site da Campanha Quebrando o Silêncio e ao final poderá assistir aos vídeos gravados por ele com dicas práticas para vencer esta espécie de tentação.

QS: Sabemos que a pornografia, apesar de ser consumida por homens e mulheres ainda tem seu maior público composto por homens. Algumas pessoas costumam pensar que é impossível um homem viver sem consumir pornografia. Isto é verdade?

Bertotti: A indústria pornográfica movimenta, no mundo, 97 bilhões de dólares todos os anos. São mais de 76 milhões de sites online, isso é 12% do conteúdo da internet. Estamos expostos num universo sem fim. Mais de 750 milhões das consultas diárias são sobre sexo. E 35% dos downloads são fornecidos pela indústria pornográfica.

A maior parte dos acessos vêm do público masculino. Nós homens somos o alvo dessa indústria criada para nos escravizar. Eles sabem que somos vulneráveis e que somos presas fáceis diante de uma vagina. 70% dos homens entre 18 e 24 anos visitam sites pornôs pelo menos uma vez por mês, (as mulheres ficam em torno de 40%). E preferem fazê-lo no domingo, um dia especial para se gastar tempo no anonimato de seu quarto. Mas se engana quem pensa que o vício é controlável fora dele, 20% dos homens e 13% das mulheres também acessam pornografia no meio do expediente de trabalho. Afinal 8% dos e-mails enviados todos os dias tem conteúdo sexual.

Somando a fraqueza masculina de querer ver pornografia com a facilidade que se tem nos dias de hoje para acessar esse conteúdo, se criou a ideia de que é impossível para um homem não consumir esse tipo de sexo. Mas é possível viver sem pornografia. É só perguntar para homens que buscam a Deus diariamente e decidiram ser puros para honrar a Deus e sua família.

Por isso que nesse assunto de sexo, quanto menos experiência você tiver melhor. Quanto menos experiência sobre sexo temos até o dia do casamento é melhor para qualquer pessoa. Porque tudo o que é jogado na mente é usado contra nós a todo momento.

QS: Que tipo de prejuízos você observa que sofre quem consome pornografia constantemente?

Bertotti: Os prejuízos de quem consome pornografia são enormes em todas as áreas. Há diversos casos que o indivíduo perde o emprego, pois o vício faz com que ele acesse durante o trabalho e até mesmo que acedia pessoas do sexo oposto no mesmo ambiente. Há histórias como do Golfista Tiger Wood que perdeu milhares de dólares em contrato por estar viciado em sexo.

Os problemas familiares são os mais variados, desde uma traição online ou física, até problemas de sexo com a parceira. Homens que consomem pornografia são mais propensos a ter ejaculação precoce, de tratar a mulher como mero objeto e de não conseguir se satisfazer com um sexo sem algum tipo de violência, mesmo que pequena e permitida pela parceira.

É comum ouvir relatos de homens que acessam pornografia dizendo que não conseguem orar ou estudar a Bíblia. Dá vergonha ou simplesmente a vontade desaparece. Sabemos que é pecado e todo pecado nos afasta de Deus. E o grande problema que toda vez que perdemos a batalha, depois de termos feito uma promessa que não mais teríamos aquela experiência, nos tornamos mais fracos e passamos a desacreditar em nós mesmo.

QS: Em um mundo com tanto apelo sexual, em todo tipo de mídia, como um homem pode evitar e vencer as tentações sexuais?

Bertotti: Primeiramente temos que tomar uma decisão em sermos puros nessa área de nossa vida. E depois temos que partir para a batalha com todas as armas que possuímos. E essas armas são basicamente três.

1. Deus – temos que nos apegar muito a Deus Todo Poderoso. Somente Ele pode nos dar força, sabedoria e motivação para lutarmos todos os dias. Por isso o estudo da bíblia, a oração e a comunhão com irmãos fará toda diferença.

2. A segunda arma que temos é fechar os nosso olhos. Temos que lutar contra o vício que temos de olhar coisas impuras. Nós treinamos nossos olhos a fixar em certas partes do corpo feminino e isso nos enfraquece na hora da tentação. E não são somente mulheres reais, eu falo em revistas, em vídeos em outdoors na rua e em todo o lugar que a mídia explora o lado sexual das mulheres.

3. E em terceiro, é limpar a nossa mente com tudo o que já colocamos lá dentro. Todas as imagens ou aventuras sexuais que sonhamos ou vimos estão em nosso cérebro e podem ser usados contra nós no momento da tentação. Então temos que limpar a nossa mente, e isso é só com o poder de Deus e um esforço para não mais pensarmos nisso.

QS: É possível ter pureza sexual depois de já ter tido alguma experiência com pornografia no passado?

Bertotti: Claro que é possível. Deus tem poder suficiente para nos limpar completamente. Mas afirmo para você que é uma luta grande e pode levar um tempo. Se você é casado peça ajuda para sua esposa, se apegue a Deus e lute com todas as suas forças. Porque ficar limpo te dará um prazer muito maior. Se você é solteiro procure vender o quanto antes, pois o casamento não fará isso pra você.

QS: Que mensagem você poderia deixar aos nossos leitores que possam estar enfrentando, neste momento, uma batalha contra o consumo de pornografia?

Bertotti: Jó fez um pacto com o Senhor. Ele fez uma aliança com Deus em não fixar os olhos em um virgem, Jó 31:1. Ou seja, mesmo Jó, que nós consideramos um homem santo, pois até mesmo Deus o elogiou, teve que fazer uma aliança com seus olhos para se manter puro diante de Deus. Então a primeira coisa que você deve saber é que precisamos nos apegar a Deus e decidirmos sermos santos. E a segunda é que você pode ser completamente santo como Jó foi. Pois diante de uma aliança com Deus todos podemos alcançar a vitória.

>Ver artigo original.

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Comentarios:

AlphaOmega Captcha Classica  –  Enter Security Code
     
 

*