5 conselhos para homens casados que veem pornografia (Esboçando Ideias)

5 conselhos para homens casados que veem pornografia

Você pergunta: eu sou casado há dois anos. Minha esposa é evangélica e eu comecei a participar da igreja faz pouco tempo. Ela é muito desanimada para o sexo. Isso tem me levado a consumir alguns materiais pornográficos para me satisfazer. Não vejo que isso seja algo errado, que prejudique meu casamento. Eu nunca a trai com ninguém, apenas me alivio me masturbando. Mas assisti uma pregação de um pastor que disse que isso era errado, que era prejudicial, que era pecado. Será mesmo tão prejudicial assim? O que você pode me dizer sobre isso? Isso pode prejudicar meu casamento?

Caro leitor, pelas suas palavras vejo que o Espírito Santo está incomodando o seu coração e já está te fazendo refletir sobre essa questão. Infelizmente, o uso da pornografia, principalmente pelos homens, é muito comum em muitos casamentos. Alguns acham isso normal, mas não é. Prova disso é que geralmente o fazem escondido porque sentem vergonha e medo de que a parceira saiba. É por isso que gostaria de oferecer hoje, em uma pequena reflexão, cinco conselhos para homens casados que insistem em ver pornografia.

Conselhos para homens casados que veem pornografia

Conselho 1 – A pornografia dentro do casamento é pecado

Quando fazemos algo e achamos que está certo, geralmente consideramos aquela prática aceitável. Porém, no caso da pornografia, a Bíblia é clara quando nos mostra que usá-la dentro do casamento é uma prática pecaminosa e condenada por Jesus, que a compara ao adultério: “Eu, porém, vos digo: qualquer que olhar para uma mulher com intenção impura, no coração, já adulterou com ela” (Mateus 5:28). Dessa forma, não é aceitável que nem homem e nem mulher recorram à pornografia dentro do casamento, sob pena de estarem trazendo o pecado para dentro da relação, o que trará prejuízos terríveis. Deus nos adverte sobre isso em Hebreus 13:4: “Digno de honra entre todos seja o matrimônio, bem como o leito sem mácula; porque Deus julgará os impuros e adúlteros.

Conselho 2 – A pornografia te afasta da sua esposa

Sabemos que o desejo sexual é uma bênção que Deus deu para desfrutarmos dentro do casamento. O homem que se envolve com pornografia dá o seu desejo sexual para as atrizes dos filmes pornográficos. O que sobra para a esposa? Geralmente distância, já que o homem está de certa forma satisfeito e perde parte muito importante do desejo que deveria destinar a sua parceira. Essa prática também afasta o marido da sua esposa por meio da comparação, pois o mundo da pornografia cria ilusões que o homem não encontrará em uma mulher de verdade. Além disso, tem o afastamento psicológico, já que o homem geralmente não tem coragem de dizer à esposa que vê pornografia. Ele, assim, se afasta da esposa para traí-la com as atrizes dos filmes pornográficos, o que, fatalmente, vai gerar o afastamento da esposa.

Conselho 3 – A pornografia faz você ver sua esposa como um objeto

Na pornografia as mulheres são tratadas como objetos, como mulheres que tem a única função de satisfazer o homem na hora que ele quer e da forma que ele quer. Ou seja, objetos de satisfação. Aos poucos, esse pensamento vai tomando conta da mente do homem, que começa a acreditar que a sua esposa é também um objeto sexual. Assim, o homem acaba eliminando todas as suas gentilezas, o romantismo, a cumplicidade e outras atitudes tão importantes para um casamento e vida sexual sadias, exigindo que sua esposa seja um objeto sexual. Como ficará frustrado, pois as mulheres normais não aceitam ser tratadas dessa forma, acaba, então, retornando ao seu mundinho de pornografia onde ele tem as suas atrizes-objeto que o satisfazem. É um círculo vicioso e destrutivo de casamentos. Ver a esposa apenas como um objeto de satisfação matará não só a vida sexual, mas o casamento também.

Conselho 4 – A pornografia destrói a sua vida sexual

Como a pornografia te faz ver sua esposa como um objeto sexual e também te afasta dela, isto tem influência muito forte na vida sexual do casal. Sua esposa passará a ficar desinteressada por você. Ela percebe que você só a quer para te satisfazer sexualmente. Depois do sexo, nas outras áreas da vida matrimonial, você a trata mal, a despreza. Em sua mente você a compara com as suas amantes dos filmes que vê e a deprecia. Isso fará com que ela desanime de ter relações com você. E aí o que acontece? Você acessa ainda mais pornografia como forma de puni-la. A pornografia destrói a vida sexual do casal. Talvez esse seja um dos grandes motivos por muitas mulheres não desejarem se relacionar mais com os maridos!

Conselho 5 – Deixe a pornografia o quanto antes e reconstrua seu casamento

Antes que seu casamento seja destruído por essa prática pecaminosa prejudicial, antes que sua vida vire de cabeça para baixo, pois o pecado nunca trará coisas boas, antes que o mal te alcance, é hora de voltar-se a Deus, pedir perdão pelos pecados e seguir uma nova caminhada, agora tratando seu casamento e a sua vida sexual de forma saudável, valorizando a esposa, tratando-a de forma digna e tendo dela aquilo que lhe é devido, com amor, com carinho e respeito. Evidentemente, não será fácil, mas mantenha a pornografia longe de você, não a aceite mais em sua vida, tire-a definitivamente de seu casamento. É hora de descontaminar-se. Você se surpreenderá com o poder da restauração de Deus e nunca mais desejará experimentar o lamaçal da pornografia e da distância de Deus! E, claro, seu casamento irá mudar da água para o vinho, pode ter certeza!

>Ver artigo original.

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Comentarios:

AlphaOmega Captcha Classica  –  Enter Security Code
     
 

*