OS HOMENS NÃO CHORAM (iOl/Capazes)

OS HOMENS NÃO CHORAM

(NOTA: Quando “conversamos” sobre as coisas, devemos fazê-lo com a intenção de fazer apenas o bem. Dito isto, precisamos falar sobre o abuso sexual infantil de meninas e meninos.)

Estamos no momento de quebrar tabus. Começamos a tocar em assuntos que não eram sequer opção há alguns anos, como homossexualidade, transexualidade, e a redescobrir o papel da mulher na sociedade. Todavia, há algo que permanece tão obscurecido como sempre foi: violação, coação e abuso sexual de homens.

É o machismo aplicado aos homens: és um homem adulto e uma vítima? Boa! Guarda isso para ti e não deixes que ninguém saiba que és um sobrevivente. Não peças ajuda, não vás à polícia, não desabafes, porque a circunstância de teres sido forçado a fazer algo contra a tua vontade é motivo de embaraçado, ainda pior, por seres homem.

Foste violado por um homem? Então, provavelmente, és gay e não sabias, ou, se sabias, gostaste. Foste abusado por uma mulher (sim, porque uma mulher também pode ser uma agressora)? Ótimo, campeão! És um homem, é suposto seres forte, grande, por que é que não o/a paraste? Porque quiseste. Estavas bêbedo, dopado e nem deste por isso? Não te queixes, saiu-te a sorte grande.

A sociedade é capaz de ver a mulher como uma vítima (ainda que, às vezes, com dificuldade), mas o homem? Palmada nas costas e um sorriso cúmplice. Aquele “correu-te mal, mas a culpa foi tua” é substituído por “mas estás a queixar-te de quê?”.

Também os homens são vítimas de machismo, do ideal do homem forte, viril, confiante, que é livre para fazer tudo aquilo que quer. O preconceito mais gritante a eles aplicado é este: “os homens não podem ser sexualmente forçados a nada”. Se ele quisesse, teria parado o homem maior que o prendeu no chão. Se ele quisesse, teria desvanecido o seu estado de entorpecimento e teria tirado a mulher de cima dele, mas, por que é que haveria de querer? E ele não teve uma ereção?

Não estou a afirmar que é pior para os homens. É sempre o pior. Quero dizer que precisamos de começar a falar disto. Um homem pode ser violado, abusado ou coagido sexualmente, tal como uma mulher, e NINGUÉM deve ter vergonha de ser um sobrevivente, seja homem ou mulher, quem quer que tenha sido o seu agressor.

>Ver artigo original.

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Comentarios:

AlphaOmega Captcha Classica  –  Enter Security Code
     
 

*