Cibercrime: Portugal fez 8 mil pedidos a gigantes da Internet (pplware)

Cibercrime: Portugal fez 8 mil pedidos a gigantes da Internet

No total foram feitos 8267 pedidos pelas autoridades portuguesas à gigante Facebook, Microsoft e Google para conseguirem obter provas nalguns casos de suspeitas de cibercrime, como por exemplo, vendas online fraudulentas, roubos de identidade, criação de perfis falsos no Facebook, pornografia infantil e phishing bancário.

Pedro Pinto

Recentemente foi publicado o relatório da atividade do Gabinete Cibercrime referente ao período entre setembro 2015 e dezembro de 2016.

Das muitas informações disponibilizadas, destaque para o facto de Portugal ter feito 8 mil pedidos ao Facebook, Microsoft e Google para ajudar a combater o Cibercrime.

No total foram feitos 8267 pedidos pelas autoridades portuguesas à gigante Facebook, Microsoft e Google para conseguirem obter provas nalguns casos de suspeitas de cibercrime, como por exemplo, vendas online fraudulentas, roubos de identidade, criação de perfis falsos no Facebook, pornografia infantil e phishing bancário.

No geral as empresas não se recusaram a colaborar mas o relatório revela que “há margem para melhorar a eficácia nos procedimentos, uma vez que nalguns casos, a percentagem de pedidos que não têm resposta satisfatória dos operadores é significativa”.

A Google é uma das empresas que mais colabora assim como a Microsoft cuja percentagem de pedidos recusados é baixa. Já no caso do Facebook a percentagem de pedidos em que foram fornecidos dados é mais baixa que a Microsoft e Google.

Confirme nas seguintes tabelas o número total de pedidos e a percentagem em que foram fornecidos dados:

O relatório revela também que o número de casos de pornografia infantil tem aumentado sendo que de outubro de 2013 até Junho de 2016 o Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP) recebeu 2880 participações. Os crimes de pornografia com menores na Internet cresceram 36%, face a 2015.

>Ver artigo original.

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Comentarios:

AlphaOmega Captcha Classica  –  Enter Security Code
     
 

*