Atriz pornô vira pastora após ouvir a voz de Deus: “Me tornei quem Ele quer” (Guiame)

Atriz pornô vira pastora após ouvir a voz de Deus: "Me tornei quem Ele quer"

Crissy Outlaw chegou a ganhar muito dinheiro com a pornografia, mas sua vida vazia a levou a clamar a Deus e buscar uma reconciliação com Ele. Hoje ela também é casada com um pastor.

Uma pastora falou recentemetne sobre o seu passado conturbado como uma estrela de filmes pornô e revelou que ela deixou a indústria do cinema adulto depois de receber uma mensagem clara, vinda de Deus.

Crissy Outlaw, de 41 anos, foi uma das mulheres mais bem sucedidas na indústria cinematográfica para adultos, aparecendo em mais de 50 filmes para pornográficos entre 2001 e 2006 e ganhando pelo menos 15 mil dólares por mês, quando ela estava no auge de sua carreira de seis anos.

Ela compartilhou com o jornal DailyMail como ela entrou para a indústria da pornografia em uma idade ainda jovem, após uma infância conturbada, na qual sofreu abuso sexual, praticado por um vizinho. Seus pais eram divorciados, e ela viveu principalmente com seu pai, que continuamente ensinava a ela sobre a pureza sexual e manter a sua virgindade até o casamento.

“Eu não conseguia entender por que eu estava sendo molestada tantas vezes, era confuso para mim”, disse Outlaw. “Por que é tão fácil para as pessoas tocarem no meu corpo? Eu não conseguia entender isso quando ainda era uma criança. Eu pensei que devia ser algo sobre mim que estava fazendo aquilo acontecer. Eu não contei nada ao meu pai porque eu não conseguia estabelecer um relacionamento com ele, já que ele é difícil de se conviver”.

Posteriormente, Crissy se mudou com sua mãe, e ficou grávida aos 17 anos, depois de perder sua virgindade. No entanto, depois de ser dispensada em estágio avançado da gestaçã pelo homem com quem ela planejava casar, se viu sem escolha e decidiu fazer um aborto.

“Eu estava completamente desperta e ciente de tudo o que estava acontecendo durante o aborto. Meu coração se quebrou enquanto o bebê estava sendo literalmente sendo sugado de mim”, ela lembrou. “Foi horrível… todos na minha escola souberam sobre o meu aborto e eu perdi todos os meus amigos. Essa foi uma das coisas mais traumáticas que aconteceu comigo”.

Com sua autoestima no nível mais baixo de todos os tempos, Outlaw entrou em depressão e tentou encontrar satisfação em seus relacionamentos com os homens. Ela revelou que um namorado, que era viciado em filmes pornográficos a estuprou várias vezes e forçou-a a fazer diversos abortos.

“Nunca me senti suficientemente boa para os homens com quem namorei”, disse ela. “Eu não me sentia bonita porque eles consumiam pornografia durante o sexo comigo. Eu pensava: ‘Eu não sou boa o suficiente para você? Por que você não pode apenas olhar para mim?’. Eu me sentia inútil ao ponto de eu querer trabalhar com pornografia e disse: ‘Um dia eu vou ser uma das garotas que você assiste na tela”.

Depois de postar uma foto de si mesma em uma página da web de anúncio de modelos, Outlaw rapidamente alcançou o sucesso como uma estrela de filmes pornô. Ao longo de sua carreira de seis anos, a atriz posou nua para a Playboy e até mesmo criou seu próprio site, que rendia mais de 15.000 dólares por mês.

“Há quantidades ilimitadas de dinheiro que eu poderia ter ganho”, disse ela.

Apesar de seu estilo de vida glamouroso, Outlaw estava vazia por dentro. Uma noite, ela se jogou no chão e começou a clamar a Deus, quebrada por seus relacionamentos e insegura sobre seu futuro.

“Eu caí no chão e eu disse: ‘Deus, se você é real, eu preciso que você me diga. Eu preciso de um sinal, porque tudo o que sei sobre o amor não está certo. Eu preciso sentir você na minha vida, porque eu não sinto você desde que eu tinha 11 anos’. Então eu fiquei ali no chão”, contou ela.

No dia seguinte, enquanto visitava seu namorado, durante as gravações de um filme no qual ele estava atuando, em Albuquerque, no Novo México, Outlaw ficou surpresa quando um homem chamado Chris se recusou a olhar uma foto de uma mulher fazendo topless. A imagem estava sendo compartilhada entre todos os homens do set de filmagens.

Depois de conversar com Chris e admitir que ela era uma estrela pornô, Outlaw descobriu que seu namorado já tinha contado a todos sobre a profissão dela e mostrado fotos dela nua para toda a equipe de filmagens.

Em vez de constrangê-la, Chris perguntou: “Você conhece Jesus?”.

Crissy encarou aquilo como uma resposta ao seu clamor do dia anterior e ficou aliviada por Deus ter respondido à sua oração. Os dois oraram juntos e sua vida mudou naquele momento.

Outlaw ficou surpresa: “Eu comecei a chorar quando ele me perguntou se eu queria me reconciliar com Deus. Eu disse que sim. [Depois disso], eu não fiz mais nenhum filme pornô e parei de aceitar qualquer renda que viesse da pornografia”.

Depois de abraçar o cristianismo, a vida de Outlaw se transformou de um modo drástico. Ela compartilhou que chegou a rasgar os cheques que chegavam para ela e até pediu para ter o seu site [tão rentável] desativado. Ela começou a visitar um terapeuta e a frequentar uma igreja local. Lá, ela conheceu seu futuro marido, Lawton Outlaw – que era um pastor de jovens na época.

Os dois se casaram em maio de 2013. Crissy agora é pastora e viaja pelo país para contar aos outros sobre seu testemunho.

“Eu cometi muitos erros, mas entrar pornografia foi um dos maiores”, disse ela. “Este erro está lá fora para sempre, mas eu encontrei a paz e me tornei quem Ele quer que eu seja”.

Indústria da pornografia

De acordo com o órgão de vigilância ‘Covenant Eyes’, a indústria pornográfica gera cerca de US$13 bilhões por ano nos EUA e até 2017, cerca de 250 milhões de pessoas devem ter acessa conteúdo adulto de seus celulares ou tablets, um aumento de mais de 30% com relação a 2013.

Nos últimos anos, uma série de celebridades falaram contra a pornografia, como Pamela Anderson, o comediante britânico Russell Brand, os atores Joseph Gordon-Levitt e Rashida Jones, e o ex-jogador da NFL e “Brooklyn Nine-Nine“, além do ator Terry Crews.

>Ver artigo original.

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Comentarios:

AlphaOmega Captcha Classica  –  Enter Security Code
     
 

*