Prostituição em Luanda
(Cartas dos Leitores, Jornal de Angola)

Prostituição em Luanda

“Para mim, a questão do combate à prostituição é importante. Tenho acompanhado muitas vezes nos canais televisivos , nas rádios e na imprensa escrita reportagens sobre o fenómeno, mas até hoje constato que o problema se agrava ainda mais na nossa cidade capital.”

“Eu vejo todos os dias, a partir das19 horas, jovens nas ruas do Kilamba, precisamente num local denominado “Povoado”. Há também muita prostituição noutras áreas, como a do Zango 3, Kikolo, da Vila, do Golfe 2, da Calemba 2, Ingombota, Samba e da Camama 1, para só citar estas zonas.

Constatei que muitos jovens se prostituem para sustentar as suas famílias. Será que temos uma lei que puna a prática da prostituição? Exorto os jovens leitores deste espaço a ajudar a combater este mal. É preciso que se criem espaços para a realização de espectáculos culturais e de actividades desportivas, em que estariam envolvidas muitas das nossas jovens. Era também importante que se criassem mais centros de formação profissional, para que muitas jovens pudessem frequentá-las, a fim de terem uma possibilidade de conseguir um emprego.”

Avelino Kakulo | Luanda

>Ver artigo original.

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Comentarios:

AlphaOmega Captcha Classica  –  Enter Security Code
     
 

*