Pornografia infantil e as selfies de nudes (Portal Mie)

Pornografia infantil e as selfies de nudes


Enganadas pelos criminosos, 40% da pornografia infantil é de adolescentes que tiram selfies de ‘nudes’ e enviam espontâneamente para eles.

O que mais preocupa as autoridades japonesas em relação aos crimes de pornografia infantil são as selfies de nudes das meninas e adolescentes com idade até 18 anos. Elas são enganadas pelos adultos criminosos e enviam suas nudes para eles. Foram 594 menores seduzidos pelos homens que agem de má fé. Esses atos representam 40% de todos os crimes de pornografia infantil.

Os registros de pornografia infantil foram de 1.142 casos no primeiro semestre deste ano, segundo informações da Agência Nacional de Polícia, divulgados nesta quinta-feira (21).

Pelo 13o. ano consecutivo o aumento é visível, em curva ascendente. Em comparação com o mesmo período do ano passado foram 12,1% a mais de casos. Foram presas 776 pessoas no primeiro semestre. Esses criminosos estavam envolvidos em crimes de fabricação de produtos com as selfies de nudes (724 casos) e venda de DVDs com pornografia infantil (387 casos).

As províncias com maior número de prisões pelas autoridades policiais foram Kanagawa (122) em primeiro lugar, seguida por Aichi (97), Tóquio (83), Fukuoka (69) e Osaka (62).

Meninas e adolescentes enviam selfies de nudes

A agência explica que maioria do alvo das selfies de nudes é do sexo feminino – cerca de 90%. Elas conhecem as pessoas pelas redes sociais (70%) e os de má fé se passam por meninos da mesma faixa etária dizendo “vamos trocar nudes” ou se tornam “amiguinhos” para resolver problemas. Constatou-se que em 90% dos casos, elas nunca se encontraram pessoalmente ou sequer conhecia esse homens. Os criminosos produzem materiais pornográficos com essas nudes e vendem na web.

Mais da metade (52,9%) são ginasiais, seguidas pelas colegiais (38,4%) mas também meninas do primário (6,5%).

As autoridades alertam os jovens e seus pais sobre o uso do smartphone. “É muito difícil apagar todas as imagens uma vez que elas caem na web. Jamais envie fotos, vídeos ou informações pessoais para pessoas desconhecidas”, explicou um representante da Agência Nacional de Polícia para o Nikkei Shimbun.

Fontes: Chunichi e Nikkei
Foto: Pixabay

>Ver artigo original.

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Comentarios:

AlphaOmega Captcha Classica  –  Enter Security Code
     
 

*