Deputado Eli Borges denuncia exposição do Sesc Palmas com cenas de pornografia gay (JM notícia Site Gosp)

Deputado Eli Borges denuncia exposição do Sesc Palmas com cenas de pornografia gay

Aluno denuncia que a exposição era, na verdade, um filme erótico onde duas mulheres trocavam beijos e carícias

O deputado estadual Eli Borges (PROS) denunciou nesta quarta-feira (27) uma exposição de artes no Sesc de Palmas com o título de “Incertezas Vivas”, promovida pelo Ministério da Cultura, Bienal de São Paulo e Banco Itaú.

A denúncia foi feita com base em uma carta de um estudante que classificou a exposição como “show erótico”. O relato do adolescente, com idade entre 14 e 15 anos, é que o filme mostrado era de duas mulheres tendo relações. “Não bastando isso, uma funcionária do Sesc impôs seu ponto de vida pró-gay, intimidando qualquer um que viesse a discordar”, declarou o estudante na carta.

Ainda segundo ele, os pais dos alunos foram informados de que a visita seria para uma exposição educativa e artística, sem notificar os responsáveis sobre o conteúdo sexual que seria mostrado.

O deputado então questiona seus pares se a exposição é arte ou uma invasão de postura. “Todos sabem que a questão da sexualidade é muito forte, a medida que cenas eróticas são mostradas, isso provoca estímulos”, declarou o parlamentar.

Segundo o aluno, a fala da funcionária do Sesc tentava convencer os alunos de que através daquela “arte” eles poderiam começar a discutir sobre o tema homossexualidade, dizendo que o “certo e errado” não existem.

“Para mim, cada um que viva a intimidade do jeito que quiser viver. Eu não tenho nada contra ninguém. Mas a intimidade tem que ser vivida na intimidade”, declarou o parlamentar.

Para o deputado, o Sesc, que recebe dinheiro público, não deve promover ou incentivar o que os pais não querem que seus filhos tenham contato. Relembrando que os adolescentes foram enviados para uma exposição artística.

“Eu parabenizo este aluno que já tem a visão de que é preciso respeitar princípios de ordem familiar, sobre tudo da família tradicional”, declarou o deputado ao encerrar seu pronunciamento.

Site do Sesc fala de exposição de arquitetura

Ao entramos no site do Sesc Palmas vemos que a exposição “Incerteza Viva” traz algumas das obras da 32ª Bienal de Arte de São Paulo, uma exposição itinerante que já passou por outras cidades.

O conteúdo da exposição, porém, não faz qualquer menção ao vídeo que foi mostrado aos estudantes. “Alia Farid trabalha num campo híbrido entre arte e arquitetura, estimulando o pensamento crítico frente aos espaços urbanos. Seus projetos e reflexões se manifestam na forma de intervenções, vídeos e instalações”, diz trecho do site.

>Ver artigo original.

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Comentarios:

AlphaOmega Captcha Classica  –  Enter Security Code
     
 

*