Netflix não vai retirar projetos antigos de Kevin Spacey e Louis C.K. do catálogo: “Não dá para apagar a existência deles” (Observatório Cinema)

Netflix não vai retirar projetos antigos de Kevin Spacey e Louis C.K. do catálogo: “Não dá para apagar a existência deles”

Caio Coletti

Após o escândalo sexual envolvendo Kevin Spacey, a Netflix decidiu demitir o ator da série House of Cards – mas decidiu não retirar a série ou qualquer um dos outros projetos antigos do astro de seu catálogo.

O catálogo da Netflix no Brasil inclui filmes como Virei um Gato, Beleza Americana, A Negociação, Los Angeles: Cidade Proibida, O Super Lobista, Now e Heróis Fora de Controle, todos estrelados por Spacey.

O mesmo vale para Louis C.K., comediante que também foi acusado de assédio sexual e cujos projetos futuros com a Netflix foram parar na lata de lixo.

Quatro especiais de stand-up do comediante ainda podem ser vistos no catálogo da Netflix, incluindo um lançado ainda nesse ano.

Em entrevista à IndieWire, um executivo da Netflix diz que a plataforma não tem intenção de apagar esses projetos tão cedo: “Não dá para fingir que esses filmes nunca existiram, essas séries nunca existiram”.

>Ver artigo original (com audio).

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Comentarios:

AlphaOmega Captcha Classica  –  Enter Security Code
     
 

*