Porque é que a revolução #MeToo salvou Woody Allen? (tvi24)

Porque é que a revolução #MeToo salvou Woody Allen?


Filha de Woody Allen critica duplo critério moral de Hollywood. Em 2014, Dylan Farrow acusou o pai adotivo de abuso sexual

Dylan Farrow, a filha adotiva de Woody Allen e Mia Farrow ataca a indústria cinematográfica de Hollywood e acusa o sistema de duplo critério moral. A jovem denunciou publicamente o pai adotivo em 2014 por alegados abusos sexuais, quando tinha apenas sete anos.

Agora, perante a chuva de acusações de abusos sexuais que arrastou várias estrelas e figuras de proa de Hollywood, Dylan Farrow voltou a falar do assunto e publicou um artigo, no jornal Los Angeles Times, com o título “porque é que a revolução #MeToo há salvado Woody Allen?”.

A revolução foi seletiva”, acusa.

Durante muito tempo denunciei que, quando tinha sete anos, Woody Allen levou-me para uma divisão, longe de onde estavam as amas, as mesmas que, por sinal, tinham sido avisadas que não poderiam deixar-me a sós com ele. Agrediu-me sexualmente. Contei a verdade às autoridades na altura e dediquei-me a contá-la durante mais de 20 anos. Por que Harvey Weinsten e outras celebridades foram expulsas de Hollywood, enquanto Allen acaba de assinar um acordo multimilionário com a Amazon, com a aprovação do executivo da Amazon Studios Roy Price, antes de ele próprio ser acusado de assédio sexual e ter de se demitir por isso?

No mesmo artigo, Dylan especifica que vários amigos do casal foram testemunhas da conduta imprópria que o pai tinha com ela. Além deles, uma das amas de Dylan terá também disso testemunha dos abusos. Woody Allen estaria mesmo, na altura, a receber apoio profissional por causa dessa mesma conduta.

Dylan Farrow ataca ainda grandes atrizes de Hollywood, que se mantiveram casadas e continuaram a trabalhar com Woddy Allen: “Falando do caso Weinstein, a estrela de «Wonder Wheel» Kate Winslet disse: ‘O facto é que as mulheres estão a começar a falar acerca das condutas impróprias de um dos nossos mais importantes e reconhecidos produtores, o que é um ato de valor e foi um choque muito grande ouvi-las’. Contudo, de Allen disse: ‘Eu não conhecia Woody e não sei nada sobre a família. Como atriz de um dos seus filmes, apenas tenho de afastar-me e dizer: não sei nada, realmente não sei se é verdade ou mentira. Pões para trás das costas e simplesmente trabalhas com a pessoa. Woody Allen é um realizador incrível”. E fala nos mesmos termos também da atriz Blake Lively, acusando-a de ser incisiva quando se fala de Weinstein e relevar as acusações contra Allen.

Dylan Farrow diz que sente que a indústria de Hollywood nada fez para a apoiar, mas agradece a atrizes como Ellen Page, Jessica Chastain e Susan Sarandon, por nunca terem aceitado trabalhar com o pai.

>Ver artigo original.

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Comentarios:

AlphaOmega Captcha Classica  –  Enter Security Code
     
 

*