As categorias de pornografia mais vistas de 2017 estão bastante preocupantes.
(FTND/Yatahaze Kayasuma/Medium)

As categorias de pornografia mais vistas de 2017 estão bastante preocupantes.


Mais um ano, outro relatório anual insano do maior site de pornografia livre do mundo, Pornhub, que nos dá mostra uma obsessão da sociedade com a pornografia hardcore.

É uma triste realidade que a pornografia na Internet é mais variada do que qualquer outra coisa que você possa encontrar online. A infame Regra 34 da internet — uma lista cômica de protocolos e convenções que apareceu pela primeira vez anos atrás em um popular fórum on-line — afirma: “ Se existe, há uma pornografia dele. Sem exceções. “

Então, se você consegue pensar em um cenário pornográfico, tema ou estilo — não importa o quão aleatório ou inocente que possa parecer -, então essa pornografia já foi feita e estará disponível on-line. Se de alguma forma não está lá, então é apenas uma questão de tempo antes de tal pornografia ser feita. Por exemplo, você já esperou que a pornografia envolvendo spinners seria uma das buscas mais populares do mundo em 2017?

Pornização da sociedade
Para ver a realidade dessa pornografia na sociedade, é preciso não procurar mais do que o relatório anual divulgado pelo maior site pornográfico do mundo no início de cada ano. A partir de 2013, a empresa lançou o “ano em análise” no seu blog que compartilha análises detalhadas do site, contendo informações como Favorita Porn Star, termos de pesquisa mais populares e tempo médio de cada visitante.

Agora que entramos oficialmente em 2018, a Pornhub finalmente lançou suas análises a partir de 2017 e agora está dando às pessoas um olhar sobre os hábitos pornográficos e as preferências sexuais da sociedade como mostrado pelo site.

E, é claro, eles são tão perturbadores quanto antes.

Vamos mergulhar no grande número de pessoas que visitam este mega site pornográfico a cada ano:

Está certo. Havia mais de 28.500.000.000 de visitas a Pornhub no ano passado, o que equivale a cerca de 3,75 visitas por pessoa na terra. E este é um enorme aumento do ano anterior , considerando que a Pornhub recebeu apenas cerca de 23.000.000.000 de visitas em 2016 — um aumento de mais de 5,5 bilhões de visitas no ano passado. Essa é uma diferença de 64 milhões de visitas médias no site por dia em 2016, em comparação com as 81 milhões de visitas médias de 2017 por dia em 2017. Resumo: isso é muitas visitas, e esse é um grande aumento no último relatório.

O relatório deste ano também se concentrou em conteúdo carregado, em vez de conteúdo assistido. E com o equivalente a 68 anos de pornografia adicionada ao conteúdo já sobrecarregado do site, e dados suficientes transferidos para preencher a memória de cada iPhone em uso no mundo, o que coloca em uma perspectiva mais clara o quão enorme este site realmente é.

Pense nisso desta maneira: em 1949 (há 68 anos), o primeiro computador comercial disponível no mundo foi lançado. Se você de alguma forma conseguisse entrar no Pornhub no seu novo Ferranti Mark 1, você ainda estaria assistindo vídeos novos até 2017. Uau.

Mas vamos ser realistas: nós já sabíamos que muitas pessoas assistem filmes pornôs, certo? Isso não é uma surpresa. Parece ser completamente normalizado em nossa sociedade, por isso não é inovador que os sites de tubo pornô como Pornhub recebem quantidades insanas de tráfego. No entanto, o que é verdadeiramente preocupante é que os consumidores estão procurando e observando enquanto eles estão lá.

Veja por si mesmo:

Fidget spinner? Nós não podemos fazer essas coisas. E líder de torcida e hentai, duas categorias de pornografia que incidem sobre a sexualização e degradação de meninas? Sim, não queríamos ter lido isso também.

Mas o que é mais surpreendente é o fato de que “pornô para mulheres” definisse a navegação pornográfica em 2017. Isso nos leva a levantar as sobrancelhas, considerando que a população feminina média de Pornhub representa apenas 26% dos visitantes do site, mesmo assim elas estão entrando nas principais buscas? Algo nos diz que é mais do que apenas mulheres à procura de pornografia feminina. Pode ser que o consumidor masculino heterossexual médio esteja buscando o que as mulheres querem na cama ao invés de realmente pedir a sua parceira, ou tentar obter apoio de suas parceiras para apoiar a pornografia, buscando isso especificamente para elas. De qualquer forma, não a vemos como uma indicação nada saudável, ou como o avanço positivo que a Pornhub está anunciando.

E enquanto os resultados acima são as buscas gerais que definiram 2017, vamos dar uma olhada no conteúdo mais procurado especificamente no site:

Então, qual é o problema com estes termos de pesquisa? Vamos mostrar para você.

Ver para crer
Depois de ver esses dados, aqui está o que as pessoas deveriam considerar: se centenas de milhões de pessoas estão buscando intencionalmente e visualizando pornografia envolvendo cenários de mães com relações sexuais com enteados / filhos e filhas / enteadas (para não mencionar o sexo entre irmãos / irmãs ) O que você acha que isso está fazendo para as fantasias e expectativas sexuais coletivas da nossa sociedade? É justo supor que essa demanda maciça de mães, madrastas e meia irmãs influenciam o consumidor a pensar que o sexo com os membros da família é gostoso e aceitável? Ou pelo menos, que se você não está tecnicamente relacionado biologicamente com alguém em sua família, que é de alguma forma emocionante fazer sexo com eles?

O aspecto mais perigoso do pornô que se torna o local para aprender sobre o sexo é que esta forma distorcida de educação está sendo entregue de uma forma perfeitamente adaptada à forma como o cérebro humano aprende . Estudos demonstraram que as imagens são um professor especialmente poderoso, já que eles podem conter um monte de informações que o espectador pode entender muito rapidamente. E enquanto as palavras são muitas vezes interpretadas como opiniões, nossos cérebros são mais propensos a interpretar imagens como fato; Afinal, é muito difícil argumentar com algo que você está vendo acontecer bem na sua frente.

Agora, aqui está o motivo: a pesquisa mostrou que nossos cérebros aprendem ainda melhor quando são sexualmente despertados. Quando você adiciona a concentração focada ao clicar em imagens pornográficas sem fim para encontrar exatamente o que o consumidor está procurando, e reforçando o que está sendo ensinado com a recompensa do prazer sexual, cria condições perfeitas para ensinar e condicionar o cérebro.

Então, vamos te perguntar: como você acha que essas horas e horas de conteúdo coletivo estão moldando a compreensão da nossa sociedade sobre o sexo? Especialmente considerando como um estudo recente sobre pornografia adolescente concluiu que as principais mensagens apresentadas pela pornografia são a dominação masculina, a hipermasculinidade e o prazer sexual masculino, a principal prioridade. Isso soa saudável para você?

Eclipse total do coração
Mas há boas notícias. Um dos nossos fenômenos naturais favoritos no ano passado foi o incrível eclipse solar total que foi de costa a costa nos Estados Unidos. E você sabe o que as pessoas não estavam fazendo enquanto estavam olhando o sol, esperançosamente com os óculos de proteção adequados? Assistindo pornografia. Sim, isso mesmo, as pessoas estavam muito ocupadas olhando para o eclipse na maioria das partes do país para fazer logon e assistir o conteúdo mais difícil imaginável.

Então, o que podemos aprender com essas estatísticas? Bem, por um lado, exibições naturais de grandeza na natureza podem afastar as pessoas dos computadores e do exterior. E, por outro lado, nossa sociedade acredita que, de fato, há coisas mais interessantes de se olhar do que a pornografia.

É muito claro que a pornografia é mais acessível, mais comum e mais dominante do que nunca, e não há um fim real à vista.

Mas, felizmente, para nós, informações sobre os efeitos nocivos da pornografia também nunca foram mais acessíveis ou comuns de se encontrar do que nunca. Então, enquanto as pessoas estão conectando-se a Pornhub e adicionando diariamente às suas estatísticas maciças, continuaremos compartilhando os fatos e conscientizando que a pornografia é algo além de entretenimento inofensivo. E a julgar pelas centenas de milhares de mensagens que recebemos ao longo dos anos, esse movimento por amor real já teve um enorme impacto na mudança da conversa em torno desta questão.

Texto de FTND. Traduzido por Yatahaze. Poderá conter erros por ser uma tradução amadora.

>Ver artigo original.

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Comentarios:

AlphaOmega Captcha Classica  –  Enter Security Code
     
 

*