Martin Daubney (VÍDEO)

foto_martin_daubney

Ex-editor de revista erótica critica pornografia e aconselha pais a protegerem seus filhos

Depois de trabalhar com publicações de conteúdo apelativo, um ex-editor de uma revista erótica britânica relatou que os pais devem cuidar de proteger as crianças de terem contato com a violação do pudor e a libertinagem exposta pela pornografia.

Para Martin Daubney, ex-editor da revista britânica Loaded, a pornografia tem acabado com a mentalidade da geração atual de adolescentes, ao deixá-los sem noção de como lidar com sexo de forma saudável.

Ao conversar com jovens de 13, 14 e 14 anos de idade, sobre hábitos de pornografia, e pesquisar sobre a disposição natural que o conteúdo leva à obsessão, Daubney destaca que percebeu a necessidade de levantar um discurso opositório, de acordo com o jornal The Daily Mail.

Apresentador do inédito documentário “Porn on the Brain” (Pornografia no Cérebro, em inglês), Martin Daubney contou que ficou chocado quando viu o domínio dos estudantes sobre termos e estilos pornográficos, com amplo conhecimento que supera até mesmo um consultor de educação sexual, segundo as entrevistas feita para o filme.

“Os adultos que assistiram ao filme ficaram incrédulos não apenas com o tipo de pornografia que existe, mas com o fato de que um menino de 14 anos de idade pode realmente ter assistido a isso”, resume ele.

Daubney também ficou perplexo com a facilidade de acesso dos adolescentes ao material pornográfico, já que a maior parte teria sido consumida livremente na rede social Facebook, sem qualquer restrição.

Em uma das constatações verificadas na pesquisa para o documentário, Martin Daubney aponta que outro fato que o preocupou foi a referência negativa gerada pela pornografia, onde jovens se diziam frustrados por não seus corpos não coincidirem com de atores e atrizes pornográficas.

Outra consequência descoberta por Daubney foram os efeitos a longo prazo do vício em pornografia. Segundo ele, há casos de pessoas que já perderam relacionamentos, empregos e dinheiro por causa de pornografia.

Para completar, ele alerta que a pornografia pode trazer aos homens o instinto de violência contra mulheres, por conta do caráter de alteração do estado mental que conteúdos apelativos proporcionam.

“Isso (a violência) está diretamente ligado à pornografia, pois como os rapazes estão recebendo seus sinais sexuais das atitudes de atores pornográficos, acabam agindo como se fossem psicopatas sexuais. A pornografia poderá traumatizar sexualmente toda uma geração de meninos”, conclui Daubney.

>>Ler Mais.

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail